A origem da tradição das Damas de Honra e dos Pajens

Muitas coisas fazem parte da tradição da celebração do casamento: o vestido, o véu, a solenidade da entrada da noiva, os pares formados por mãe-noivo, pai-noiva, entre muitas outras. Uma dessas várias tradições é a presença das damas de honra e dos pajens nos casórios. Você sabe a origem desse costume? Não? Nós também não sabíamos, mas pesquisamos bastante e vamos contar o que descobrimos aqui para vocês. Vem com a gente!

Existem duas versões para contar a história do início dessa tradição:

1. Proteção contra os maus espíritos

Uma das histórias diz que esse foi um costume que começou na Antiguidade, nas civilizações pagãs. Nas celebrações de união, eram selecionadas algumas pessoas da mesma idade dos noivos, que se vestiam da mesma forma que o casal para confundir os maus espíritos que, por acaso, estivessem acompanhando a cerimônia. Dessa forma, os maus espíritos não saberiam diferenciar quem eram os noivos de verdade e não conseguiriam atrapalhar e nem amaldiçoar aquela união. Então, as damas de honra e os pajens eram protetores do casal.

2. Fugir do Senhor Feudal

Essa versão diz apenas sobre as damas de honra e não sobre os pajens. Na Idade Média, era comum que o Senhor Feudal tivesse o privilégio de ter a “primeira noite” com a noiva. Normal, não é mesmo? Seria normal se estivéssemos falando da noiva dele. Independente de quem fosse o noivo, o Senhor Feudal tinha o direito de ter a primeira relação sexual com a companheira de seus servos. Então qual era a ideia? Várias mulheres casadas se vestiam da mesma forma que a noiva, assim, o Senhor Feudal poderia se enganar e “capturar” a noiva errada. Mas então ele dormiria com a dama de honra? Não! Lembra que dissemos que essas mulheres eram casadas? Era proibido ter relações sexuais com mulheres casadas com outros homens, portanto, acabava-se a possibilidade da concretização do ato.

Podemos ver que nas duas versões da história, as Damas de Honra e, também, os pajens são protetores dos casais que celebram o casamento. Esse costume vem se modernizando e, hoje, essas pessoas costumam ser amigos dos noivos que ajudam na organização da cerimônia e das comemorações do casório. Não deixam de ser protetores, porque, quase como os padrinhos, assumem uma função de auxílio ao casal, só que durante o evento.

Outros casais optam pelas daminhas de honra e os pajens mirins, que são as versões mais modernas e fofas dessa tradição, em que criancinhas são vestidas com roupinhas parecidas com a dos noivos para entrarem com as alianças e com flores na celebração.

Quer ficar por dentro das novidades e das curiosidades sobre o universo dos matrimônios? Então não deixe de acompanhar o nosso blog! E se o seu plano é se casar e ainda está procurando as melhores alianças de noivado e casamento, não deixe de visitar a Loja Online da WM Joias. Temos um enorme catálogo com várias opções de anéis de compromisso, desde os mais simples aos mais trabalhados, dos mais tradicionais aos modernos.

Até a próxima!